Receita Federal envia carta para quem caiu na malha-fina: 383 mil precisam corrigir o IR

Publicado por Quiel em Noticias Gerais

ir imposto de renda

Publicado em 04 de outubro, 2018 | Nenhum Comentário

A Receita Federal está notificando 383 mil contribuintes que caíram na malha fina este ano.

Eles vão receber, pelos correios, uma carta informando a retenção por inconsistências na declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2018, ano-base 2017.

Contribuintes que receberem a carta podem fazer as correções sozinhos, online, sem a necessidade de comparecer a uma agência da Receita Federal.

É o que o órgão chama de autorregularização.

Se o contribuinte que receber a notificação entender que não há inconsistências ou omissões em sua declaração do IR, pode esperar ser chamado pelo Fisco para apresentar a documentação que comprove suas declarações.

Mas vale lembrar que, após receber a intimação, não será mais possível fazer qualquer correção na declaração.

De acordo com a Receita Federal, a omissão de rendimentos foi o principal motivo para cair na malha fina nos últimos anos.

Inconsistências na declaração de despesas médicas, deduções indevidas de previdência e pensão alimentícia e informações divergentes da fonte pagadora também entram na lista.

Somados, os débitos desses 383 mil contribuintes que caíram na malha fina este ano e estão sendo notificados somam 300 milhões de reais.

As informações são da Agência Rádio 2

Compartilhe

Sobre Quiel

FacebookVer outros posts de Quiel

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Receita Federal envia carta para quem caiu na malha-fina: 383 mil precisam corrigir o IR
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário