Novas vagas em cursos de medicina não atingem cidades prioritárias do Mais Médicos

Publicado por Quiel em TRANSNOTICIAS

saude plano secretaria semusa medico medicina

Publicado em 04 de dezembro, 2018 | Nenhum Comentário

Apenas um terço das novas vagas nos cursos de medicina atendem regiões carentes do Programa Mais Médicos.

O objetivo inicial do projeto, criado em 2013, também previa estender a formação para cidades do interior do país que não tinham escolas médicas.

Segundo dados do Ministério da Educação, divulgados pelo Estadão, a concentração dos cursos nas regiões mais ricas se mantém no mesmo patamar: 56% das vagas criadas no sul e no sudeste.

O acesso dos estudantes à graduação também não privilegia a classe mais pobre: 83% dos postos estão em universidades privadas.

A meta do governo foi atingida, com a autorização para criação de 13 MIL 634 vagas nos cursos, embora apenas quase 3 MIL delas atendam aos critérios do Mais Médicos.

As informações são da Agência Rádio 2

Compartilhe

Sobre Quiel

FacebookVer outros posts de Quiel

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Novas vagas em cursos de medicina não atingem cidades prioritárias do Mais Médicos
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário