Polícia Civil faz operação em ‘minicracolândia’ na região do Barreiro

Publicado por Quiel em TRANSNOTICIAS

policiais

Publicado em 21 de maio, 2019 | Nenhum Comentário

São cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão

Policiais civis da Delegacia Especializada no Combate ao Narcotráfico (Denarc) realizam, na manhã desta terça-feira (21), uma operação na região do Barreiro, em Belo Horizonte, em combate ao tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia Civil, a corporação cumpriu 13 mandados de busca e apreensão e quatro de prisão. Entre os presos estão duas mulheres e um homem, que seria braço direito do chefe do tráfico. Os mandados foram cumpridos no bairro Milionários.

“Hoje estamos finalizando uma operação que já dura aproximadamente três meses de tráfico de drogas na região. Há cerca de dois meses prendemos o chefe da quadrilha, que estava com uma arma de calibre restrito. Hoje prendemos integrantes da quadrilha. Essa região já estava virando uma minicracolândia pela venda de crack e quantidade de usuários”, explicou o policial Thiago Saraiva.

Durante a ação, barras de maconha foram apreendidas. A operação contou com a participação dos cães Killer e Odin, que são do canil da corporação.

“Queremos tranquilizar a comunidade e, se necessário, vamos fazer outras operações contra o crime”, finalizou o delegado.

Detido na casa da mãe

Entre os conduzidos estava um homem de 30 anos que foi localizado na casa da mãe.

“Eles (policiais) falaram que estão me levando porque acharam dinheiro sujo lá em casa. Acharam R$ 90 em dinheiro trocado. Não sei de quem é essa quantia”, disse.

O homem afirmou que tem antecedentes criminais por tráfico de drogas, mas que, atualmente, “está de boa” e trabalha como office boy.  Ele foi conduzido à delegacia de área para prestar esclarecimentos.

 

As informações são do site Otempo.com

Compartilhe

Sobre Quiel

FacebookVer outros posts de Quiel

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Polícia Civil faz operação em ‘minicracolândia’ na região do Barreiro
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário